Sábado
22 / 09 / 2018

Politica

Margarete questiona regra do próprio partido sobre fundo eleitoral para mulheres

Ela integra um grupo que acionou o Tribunal Superior Eleitoral, através de consulta, para esclarecer sobre esta regra dos partidos.

15/08/2018 - Edivan Araujo


Vice-governadora Margarete Coelho (PP)
Foto: 180graus

A vice-governadora e candidata a deputada federal, Margarete Coelho (PP), lamentou que muitos partidos, inclusive o seu, estejam relutantes em cumprir o que manda a Legislação Eleitoral, quanto à distribuição dos 30% do fundo partidário, como foi garantido pelo Tribunal Superior Eleitoral, para candidaturas femininas.

"Vários partidos, inclusive o meu, já disseram e já esclareceram nas resoluções de distribuição do fundo de campanha que serão os homens que doarão às mulheres. No meu ponto de vista isso desatende a regra", disse à TV Meio Norte.

Ela integra um grupo que acionou o Tribunal Superior Eleitoral, através de consulta, para esclarecer sobre esta regra dos partidos.

"Não há porque os homens doarem para as mulheres, já que o Supremo disse que os 30% já são nossos", enfatiza Margarete.

As consultas formuladas ao TSE pedem esclarecimentos quanto à forma de distribuição e quem pode ter acesso a esses recursos.

 

 

 

180graus

Comentários
Não encontramos nenhum comentário cadastrado. Seja o primeiro!
Politica: Veja também
Facebook
Copyright - © - 2011 - 2018 AgoraED. Todos os direitos reservados.
Endereço: Rua XX, Quadra 16 Casa 39
Bairro Belo Norte - Picos - Piauí
Telefone (89) 9 8101-8323
Email: agoraed@hotmail.com
Recação AgoraED "A informação acima de tudo".
Somente os artigos não assinados são de responsabilidade deste portal.
Os demais não representam necessariamente a opinião desta editoria e são de inteira responsabilidade de seus autores.