Sexta-Feira
17 / 08 / 2018

Geral

Pis/Pasep será liberado amanhã para quem tem conta no BB ou Caixa

Os valores acima de R$ 3 mil deverão ser sacados nas agências, mediante a apresentação de um documento com foto.

07/08/2018 - Edivan Araujo


Essas pessoas terão que fazer suas retiradas nas agências.
Foto: Reprodução Internet

Amanhã (8), a Caixa Econômica e o Banco do Brasil depositarão as cotas do Pis/Pasep sem limite de idade para as pessoas que trabalharam do ano de 1971 até 4 de outubro de 1988 e que têm contas nessas instituições, seja corrente ou poupança.

O depósito será feito automaticamente, sem a necessidade de o cotista ir a uma agência. No caso dos beneficiários do PIS (trabalhadores da iniciativa privada), o pagamento é feito pela Caixa. No caso dos beneficiários do Pasep (servidores públicos), o pagamento é feito pelo BB.

Para saber se tem direito ao PIS, basta consultar o site www.caixa.gov.br/cotaspis.  Para saber sobre o Pasep, a consulta pode ser feita na página www.bb.com.br/pasep.

Cronograma
De 14 de agosto a 28 de setembro, a Caixa vai atender os beneficiários de todas as idades que têm cotas do PIS a receber e não são clientes do banco. Essas pessoas terão que fazer suas retiradas nas agências.

No mesmo período, o Banco do Brasil iniciará a segunda fase de pagamentos, incluindo todos os servidores públicos cotistas que trabalharam naquele período de 1971 a 1988, independentemente da idade, que não têm contas na instituição. Estes também terão que sacar os recursos diretamente nas agências.

IMPORTANTE: Cotistas que já têm 60 anos ou mais não precisam respeitar este calendário, pois o saque já é permitido atualmente.
Onde sacar

No caso de quem não tem conta na Caixa, o saque será feito da seguinte forma: para valores até R$ 1.500, as retiradas poderão ser feitas nos terminais de autoatendimento, apenas com a Senha Cidadão, sem a necessidade do Cartão do Cidadão.  Se preferir retirar o dinheiro numa casa lotérica ou num correspondente Caixa Aqui, será preciso ter o Cartão Cidadão, além de um documento oficial de identidade com foto.

Os saques de até R$ 3 mil poderão ser feitos nos terminais do banco, nas lotéricas ou nos correspondentes, desde que os interessados tenham o Cartão do Cidadão, com senha cadastrada, e levem um documento com foto. Os valores acima de R$ 3 mil deverão ser sacados nas agências, mediante a apresentação de um documento com foto.

Resgate no Banco do Brasil

Se o cotista não for correntista ou poupador do BB e tiver um saldo de até R$ 2.500, o banco permite a transferência de suas cotas via TED, para uma conta de sua titularidade em outro banco, sem custo. Para aqueles que vão sacar o dinheiro nas agências do banco, será preciso apresentar um documento de identidade.

Herdeiros podem sacar

Os herdeiros legais também terão direito ao saque. Bastará procurar a agência bancária do grupo correspondente, com um documento oficial de identificação e um documento que comprove sua condição de herdeiro (certidão ou declaração de dependente habilitado à pensão por morte expedida pelo INSS; alvará judicial designando o sucessor/representante legal; ou formal de partilha/escritura pública de inventário e partilha).

Deverá ser apresentado, ainda, o comprovante de inscrição do titular no PIS (opcional, caso os dados apresentados não permitam a identificação da conta).

Retirada por procuração

O representante legal poderá fazer o saque mediante a apresentação de uma procuração particular, com firma reconhecida, ou por instrumento público que contenha outorga de poderes para solicitação e saque de valores do PIS.

Fonte: Cidade Verde

Comentários
Não encontramos nenhum comentário cadastrado. Seja o primeiro!
Geral: Veja também
Facebook
Copyright - © - 2011 - 2018 AgoraED. Todos os direitos reservados.
Endereço: Rua XX, Quadra 16 Casa 39
Bairro Belo Norte - Picos - Piauí
Telefone (89) 9 8101-8323
Email: agoraed@hotmail.com
Recação AgoraED "A informação acima de tudo".
Somente os artigos não assinados são de responsabilidade deste portal.
Os demais não representam necessariamente a opinião desta editoria e são de inteira responsabilidade de seus autores.