Sexta-Feira
17 / 08 / 2018

Politica

Filho de Dr. Pessoa desiste de candidatura devido a ameaça de partidos

O filho de Dr. Pessoa afirmou ainda que “24 políticos, dentre pessoas com e sem mandatos, já entraram em contato com ele oferecendo apoio e também pedindo meu apoio”. 

05/08/2018 - Edivan Araujo


João de Deus Duarte Neto
Foto: Cidadeverde

O pré-candidato a deputado federal pelo PMN e filho do deputado estadual Dr. Pessoa, João de Deus Duarte Neto, desistiu da candidatura neste sábado (4). Segundo João de Deus, ele precisou tomar a decisão porque os partidos da coligação proporcional ameaçaram não coligar com o Solidariedade nem apoiar o Dr. Pessoa (Solidariedade) como candidato ao governo.

Fazem parte da chapa proporcional PMN, Solidariedade, PTC, PRB e PPL. O pré-candidato expediu comunicado oficial à executiva estadual hoje comunicando a desistência. Ao Cidadeverde.com ele fez um desabafo, falou que está decepcionado e que não vai mais se candidatar no futuro. O Solidariedade homologou no final da manhã de hoje a candidatura a governador do deputado estadual Dr. Pessoa.

“Eu tinha duas opções, ou eu enfrentava ou recuava e eu preferi recuar porque eu não sou de confusão. Eu fui obrigado a desistir porque os partidos disseram que se eu me candidatasse, eles não fechariam a coligação. Porque eles disseram que por ser filho do Dr. Pessoa, seria de alguma forma beneficiado na minha campanha em detrimento aos outros candidatos”, desabafou. 

Contudo, João de Deus confirmou que continua no PMN, que não tem nenhum problema interno com a sigla quanto a isso, só que não tem mais planos futuros de se candidatar a nenhum cargo. João de Deus disse, inclusive, que continua apoiando a presidente do Solidariedade do Piauí, Ravena, como candidata a deputada estadual.

“Me sinto muito decepcionado, meu sentimento é de coração partido, eu estou sofrendo e estou abandonando a política. Tive que tomar essa decisão, continuo no partido, mas estou abandonando a política. Vou tirar um tempo para refletir. Eu estou arrasado não por mim, mas pela quantidade de pessoas que estavam acompanhando meu trabalho e acreditavam nas minhas propostas, eu sinto mais pela população”, complementou. 

O filho de Dr. Pessoa afirmou ainda que “24 políticos, dentre pessoas com e sem mandatos, já entraram em contato com ele oferecendo apoio e também pedindo meu apoio”. 

O Cidadeverde.com entrou em contato com o presidente do PTC, deputado estadual Evaldo Gomes, que informou que houve um “mal entendido” da parte de João de Deus. Evaldo Gomes é candidato à reeleição pela coligação. Segundo Evaldo Gomes, o PTC entende que João de Deus vai contribuir muito mais na coordenação da campanha e não como candidato.

“Isso foi um mal entendido, o “Pessoinha”, como ele é carinhosamente chamado pela gente, não entendeu bem. A gente só acredita que ele vai contribuir muito mais para a campanha coordenando, em outras funções, vai ajudar muito. Não, de forma nenhuma, o fato de a gente não querer que ele seja candidato tem a ver com o fato de acharmos que ele poderia ser beneficiado na campanha pelo fato de ser filho de Dr. Pessoa. É uma pessoa amiga, que a gente tem carinho e respeita muito. Na política tem divergências, mas vamos conversar e se entender e ficará tudo bem, não tenho dúvidas”, declarou Evaldo. 

O Cidadeverde.com tentou entrar em contato com o presidente do PRB, deputado estadual Gessivaldo Isaias, mas até a publicação da matéria, não obteve êxito.

Por Lyza Freitas

Cidadeverde

Comentários
Não encontramos nenhum comentário cadastrado. Seja o primeiro!
Politica: Veja também
Facebook
Copyright - © - 2011 - 2018 AgoraED. Todos os direitos reservados.
Endereço: Rua XX, Quadra 16 Casa 39
Bairro Belo Norte - Picos - Piauí
Telefone (89) 9 8101-8323
Email: agoraed@hotmail.com
Recação AgoraED "A informação acima de tudo".
Somente os artigos não assinados são de responsabilidade deste portal.
Os demais não representam necessariamente a opinião desta editoria e são de inteira responsabilidade de seus autores.