Domingo
27 / 05 / 2018

Cidades

Ações para combater exploração de crianças e adolescentes são realizadas em Geminiano

As atividades são referentes ao 18 de maio, que foi instituído pela Lei Federal Nº. 9970/00 como o Dia Nacional de Combate ao Abuso e a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.

16/05/2018 - Edivan Araujo


Imagem:Reprodução
Foto: Ascom

A prefeitura Municipal de Geminiano, através da Secretaria Municipal de Assistência Social, realiza várias atividades alusivas à semana de enfrentamento ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes. As atividades são referentes ao 18 de maio, que foi instituído pela Lei Federal Nº. 9970/00 como o Dia Nacional de Combate ao Abuso e a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.

No município, a missão de sensibilizar a sociedade civil e as autoridades sobre a gravidade do problema, é desenvolvido pelo Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), que tem como objetivo contribuir para a reconstrução de vínculos familiares e comunitários. Empenhado em prevenir as crianças e adolescente geminianenses, dessa modalidade de crime, o prefeito Erculano Carvalho, vem dando total apoio ao trabalho.

De acordo com o coordenador do Centro de Convivência e Fortalecimento de Vínculo (CCFV), Ivonaldo Barbosa, outros órgãos municipais como Conselho Tutelar, secretarias de Saúde, Educação e organizações comunitárias, também estão participando das ações.

”Essa é uma luta que deve ser encampada por todos os cidadãos e por isso, nós procuramos elaborar uma programação que inclua toda a comunidade”, disse.

O coordenador agradeceu ainda o apoio que vem recebendo da gestão municipal nos programas desenvolvidos na área social.

A psicóloga, Micaella Martins Dantas Macedo, ressaltou a importância da data. “É um momento para reforçarmos a sensibilização de toda a população para que denunciem casos suspeitos e o aperfeiçoamento das equipes que formam a rede de proteção do município”.

Ela explicou ainda que as denúncias e atendimentos às vítimas são realizados na sede do CREAS, que conta com uma equipe de profissionais para o apoio e assistência à vítima e familiares.

A representante Conselho do Tutelar, Silvana Maria de Sousa, disse que na maioria dos casos, as vítimas são ameaçadas ou coagidas pelos infratores e deixam de denunciar, por isso há a necessidade de conscientizar a população para denunciar e combater este e outros tipos de crime. A conselheira informou ainda que os denunciantes terão seus nomes mantidos em absoluto sigilo.

A assistente social Ariane Santos, alertou a população a estar vigilante quanto ao tema. “É preciso realizar ações preventivas em relação às situações de violência, principalmente contra crianças e adolescentes, porque é dever de todos e da sociedade em geral proteger esse público”.  Segundo a mesma, a prevenção a esse problema é tido como prioridade pela equipe de profissionais que atuam na área social no município.

A estudante da rede municipal de ensino, Maria Kalyane Barbosa, contou o que levou de ensinamento. “Momentos como esses são bons para aprendermos, pois muitas pessoas vivem isso e não sabem o que fazer. Então, é bom saber o que fazer, caso algo ocorra, como denunciar, entender que podemos contar com alguém e não ficar calados”, completou.

No Brasil o “Disque 100”, criado pela Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, é um serviço de recebimento, encaminhamento e monitoramento de denúncias de violência contra crianças e adolescentes em todo o país.

O Disque 100 funciona diariamente de 8h às 22h, inclusive aos finais de semana e feriados.

As denúncias são anônimas e podem ser feitas de todo o Brasil por meio de discagem direta e gratuita para o número 100 ou pelo endereço eletrônico disquedenuncia@sedh.gov.br ou podem serem levadas diretamente ao Conselho Tutelar que fica na Rua Francisco Borges de Moura e atende pelo telefone 9 8805 7018.

 

Fonte:Grandepicos

Comentários
Não encontramos nenhum comentário cadastrado. Seja o primeiro!
Cidades: Veja também
Facebook
Copyright - © - 2011 - 2018 AgoraED. Todos os direitos reservados.
Endereço: Rua XX, Quadra 16 Casa 39
Bairro Belo Norte - Picos - Piauí
Telefone (89) 9 8101-8323
Email: agoraed@hotmail.com
Recação AgoraED "A informação acima de tudo".
Somente os artigos não assinados são de responsabilidade deste portal.
Os demais não representam necessariamente a opinião desta editoria e são de inteira responsabilidade de seus autores.