Sexta-Feira
17 / 08 / 2018

Politica

Governistas rejeitam requerimentos e Luciano diz que é melhor "fechar" a Assembleia

Um dos requerimentos pedia a formação de uma comissão especial para fiscalizar as obras ditas feitas com recursos obtidos pelo Estado, através de empréstimo com a Caixa Econômica Federal.

16/05/2018 - Edivan Araujo


Luciano Nunes e Francisco Limma
Foto: 180graus

O deputado estadual Luciano Nunes (PSDB) criticou a postura do líder do governo, depois que dois requerimentos assinados pela oposição foram rejeitados em plenário na Assembleia Legislativa, ambos por força da orientação do deputado Limma (PT), que pediu voto contra os dois pedidos.

Um dos requerimentos pedia a formação de uma comissão especial para fiscalizar as obras ditas feitas com recursos obtidos pelo Estado, através de empréstimo com a Caixa Econômica Federal. O segundo requerimento solicitava apenas informações a respeito do atraso no pagamento do transporte escolar, para os municípios piauienses.

“Pela postura do líder do governo, parece que ele foi encomendado pelo governador para fechar essa Casa”, disse Luciano, alegando que a rejeição dos pedidos representa uma tentativa de impedir a atuação do Legislativo.

O tucano lamentou ainda mais pela rejeição do pedido de informação à Seduc. “Se nós dessa casa não tivermos a preocupação mínima de pedir informações diante de uma situação grave como essa, é melhor decretar o fechamento da Assembleia. Parece que o líder do governo veio com esse objetivo”.

 

Com informações do 180graus

Comentários
Não encontramos nenhum comentário cadastrado. Seja o primeiro!
Politica: Veja também
Facebook
Copyright - © - 2011 - 2018 AgoraED. Todos os direitos reservados.
Endereço: Rua XX, Quadra 16 Casa 39
Bairro Belo Norte - Picos - Piauí
Telefone (89) 9 8101-8323
Email: agoraed@hotmail.com
Recação AgoraED "A informação acima de tudo".
Somente os artigos não assinados são de responsabilidade deste portal.
Os demais não representam necessariamente a opinião desta editoria e são de inteira responsabilidade de seus autores.