Segunda-Feira
23 / 10 / 2017

Esportes

Pênalti em Vinicius Jr. salva Flamego, que bate Coxa no fim e alivia pressão

Com a vitória, o Flamengo chega aos 28 pontos e sobe para 3ª posição.

23/07/2017 - Edivan Araujo


Éverton Ribeiro celebra gol no fim do jogo, de pênalti
Foto: Agência Estado

O Flamengo sofreu, mas venceu o Coritiba por 2 a 1 neste sábado, na Ilha do Urubu. Berrío e Everton Ribeiro marcaram para os donos da casa e Henrique Almeida descontou para os visitantes. A vitória só veio após a joia Vinicius Jr fazer jogada na ponta e sofrer pênalti. Everton Ribeiro bateu com extrema categoria e garantiu o triunfo.

Apesar da vitória, o sofrimento para conquistar os três pontos diante do Coritiba não foi muito bem aceito pela torcida, que reclamou bastante durante os 90min. Mesmo assim, o triunfo ameniza a pressão sobre o técnico Zé Ricardo, que é perseguido por torcedores após resultados ruins.

Com a vitória, o Flamengo chega aos 28 pontos e sobe para 3ª posição. O Rubro-negro encara o Corinthians, em São Paulo, no próximo domingo. Antes, a equipe tem o jogo da volta com o Santos, nas quartas de final da Copa do Brasil.

Já o Coritiba se mantém com 19 pontos e na 13ª colocação. Os paranaenses voltam a campo no domingo, quando receberá o Atlético-MG, no Couto Pereira.

Everton virou desfalque de última hora e deu uma brecha para Berrío. O colombiano não decepcionou. Utilizando-se da sua velocidade, o atacante se colocou em condições e recebeu grande passe de Everton Ribeiro. Ele só teve o trabalho de dominar e deslocar o goleio Wilson.

Comentários
Não encontramos nenhum comentário cadastrado. Seja o primeiro!
Esportes: Veja também
Facebook
Copyright - © - 2011 - 2017 AgoraED. Todos os direitos reservados.
Endereço: Rua XX, Quadra 16 Casa 39
Bairro Belo Norte - Picos - Piauí
Telefone (89) 9 8101-8323
Email: agoraed@hotmail.com
Recação AgoraED "A informação acima de tudo".
Somente os artigos não assinados são de responsabilidade deste portal.
Os demais não representam necessariamente a opinião desta editoria e são de inteira responsabilidade de seus autores.